Publicidade

quinta-feira, 10 de outubro de 2013 LGBTs | 21:20

Vamos à parada LGBT com os pés no chão!

Compartilhe: Twitter

Este domingo, mais uma vez, vamos nos juntar às milhares de pessoas que participarão da Parada do Orgulho LGBT do Rio de Janeiro, um dos maiores eventos políticos de visibilidade, celebração e luta pela cidadania plena de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais no mundo.

Agradeço o convite da organização da Parada para desfilar em um dos trios, mas vou declinar em razão da oportunidade de poder concretizar agora, na Parada do Orgulho LGBT do Rio de Janeiro, o desejo de marchar no chão, juntamente com todos e todas. Uma proposta que eu apresentei, em Junho, à organização da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo.

E eu gostaria muito de marchar com você, com os pés no chão. Convido todas e todos a formarmos um grande cordão de pessoas que querem não somente festejar esse momento que é, sim, um importante ato de celebração e de visibilidade – mas também que querem mudar o país.

Junto aos companheiros e companheiras do meu mandato, e de diversos grupos independentes que se organizam em diversas lutas a favor da cidadania, vamos nos encontrar em frente ao Hotel Sofitel, próximo ao forte de Copacabana, para marcharmos juntos e participarmos da parada levando nossas reivindicações como comunidade e também apoiando outras lutas, porque independentemente de nossa orientação sexual e/ou identidade de gênero, somos parte de um mesmo povo.

Vamos marchar sem bandeiras partidárias (embora reivindiquemos o direito de todos nós a nos organizarmos politicamente), levando, entre outras, as seguintes reinvidicações:

– Defesa do Estado laico e das liberdades individuais! Não ao fundamentalismo e a intolerância religiosa!;

– Recuperação da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, hoje tomada pelos fundamentalistas, para que cumpra seu verdadeiro papel; e não à extinção da Comissão de Direitos Humanos do Senado!;

– Aprovação da lei do casamento civil igualitário (PL-5120) e da PEC para garantir esse direito na Constituição;

– Aprovação da lei de identidade de gênero João Nery (PL-5002);

–  Por uma educação não homofóbica, com plena igualdade de gênero e respeito à diversidade sexual na escola. Não aobuyilling homofóbico!;

– Por políticas públicas de inclusão social e combate ao preconceito contra as pessoas LGBT;

– Aprovação da criminalização da discriminação por orientação sexual e identidade de gênero (PLC-122).

Mas a parada LGBT não pode ficar alheia a outras lutas contra a opressão, a discriminação e a injustiça social. Por isso, também defendemos:

– Apoio à greve dos profissionais da educação!;

– Pelo direito à livre manifestação: basta de repressão policial e criminalização dos protestos!

– Desmilitarização e democratização da polícia, como força de segurança e não de repressão contra o povo;

– Não às remoções da Copa;

– Pelo direito da mulher a decidir sobre o seu corpo: aborto legal, seguro e gratuito;

– Contra a repressão e pelo direito à terra dos povos indígenas;

– Contra a intolerância religiosa e a perseguição ao povo de santo;

– Aprovação da lei Gabriela Leite, pelos direitos dos/as trabalhadores/as sexuais (PL-4211);

– Não à internação compulsória!; pelo fim da política de guerra aos pobres: legalização das drogas, respeito aos direitos individuais dos usuários e tratamento do abuso na perspectiva da saúde;

Espero que estas ideias se espalhem por todas as paradas, daqui para frente,  e pelo Brasil inteiro! Confirme sua presença aqui e venha comigo com os pés no chão! A gente se vê domingo às 13h em frente ao Hotel Sofitel, próximo ao forte de Copacabana, no posto 06.

Traga o seu cartaz!

Jean Wyllys

Autor: Tags:

12 comentários | Comentar

  1. 62 Ferreira 06/03/2014 12:39

    Caro Jean!

  2. 61 Paiva 31/01/2014 13:24

    Jean Willys tem uma causa muito maior para se lutar no qual você AINDA desconhece, mas Jesus te ama meu filho, arrepende dos seus pecados e crê em Jesus Cristo como seu salvador antes que seja tarde demais. O seu coração está com ódio e doente e precisa de remédio (1 Coríntios 6:9-10, Atos 3:19).

  3. 60 ana 10/11/2013 13:55

    Jean Wyllys, quando terá outra? Te acompanho desde o BBB. Adoro te ver liderando essa causa.

  4. 59 Geraldo Luiz 19/10/2013 12:40

    Alguma informação sobre a parada de Brasília?

  5. 58 marcelo 14/10/2013 14:42

    uma sociedade somente se mantem quando toda diversidade é respeitada e o grupo lgbtts é um grupo de pessoas que tem vida e seus direitos devem ser respeitados defendo a diversidade sexual com orgulho

  6. 57 Rosevan Santos 13/10/2013 22:43

    Boa noite amigo! Venho por meio desta pois preciso muito de sua ajuda, sei que atraves de vc tenho como realizar este sonho de poder ajudar nosso povo sou de uma cidade do interior da Bahia chamada Sao jose da vitoria onde nosso povo e bastante carete em termos a descrimnaçao gay tenho em minha mente que posso ajudar formando uma ONG onde vamaos lutar pelos nossos diretos afinal samos humanos, preciso fazer isso pois eu me sinto na respsabilidade de lutar por eles pois eu fui o primeiro Gay declarado . So preciso de seu apoio te peço pelo amor de Deus me ajude como eu posso seguir ou proceder para tudo ser concretizado espero que vc atenda meu pedido de socorro abraço…

  7. 56 jurema de holanda dias 12/10/2013 14:48

    Mais uma vez parabéns, q todos tivessem essa lucidez, será q é pedir muito !!!!! Não estarei lá, mas torço para q tudo saia muito bem !!!!

  8. 55 ALLEX SANDER PORFIRIO 12/10/2013 13:21

    Caro companheiro de luta, estou parabenizando pela orientação. Aqui em Alagoas, estamos em alto índices de violência entre gay, lésbicas, transsexuais e travestis, racismo e machismo. Estamos na parada de Alagoas com ações diversificadas, entre elas destacamos, a nossa participação da Bienal- AL, Um Seminário de Direitos humanos e um inédito O I Ato Inter- Religioso. Infelizmente, sabemos que sua agenda é disputada. A sua presença em nosso Estado nos deixaríamos bastante honrados. Obg.

  9. 54 ALLEX SANDER PORFIRIO 12/10/2013 13:02

    Caro companheiro de luta, estou parabenizando pela orientação. Aqui em Alagoas, estamos em alto índices de violência entre gay, lésbicas, transsexuais e travestis, racismo e machismo. Estamos na parada de Alagoas com ações diversificadas, entre elas destacamos, a nossa participação da Bienal- AL, Um Seminário de Direitos humanos e um inédito O I Ato Inter- Religioso. Infelizmente, sabemos que sua agenda é disputada. A sua presença em nosso Estado nos deixaríamos bastante honrados. Caso queira nos contactar meu e-mail é Allexsander31@hotmail.com.
    Obrigado

  10. 53 Lindomar 12/10/2013 11:55

    Professores que desejam Educaçao de qualidade para esta Cidade estarao presentes, no chao. Orgulho da sua dignidade.

  11. 52 marcelo 11/10/2013 19:06

    parabéns deputado jean wyllys creio eu que o mundo em que vivemos é de direito de todos
    tenho comigo um principio em que DEUS ao criar entre a humanidade o amor ele não impôs que o amor é somente entre homem e mulher, tenho comigo que o amor não é segregacionista , o amor não divide ,ele une
    o amor fortalece e não enfraquece caro deputado felicito-me em ver que o senhor luta pela diversidade sexual ser livre , sei que o senhor é deputado pelo rio de janeiro se fosse por são Paulo teria meu voto , bom caro deputado caso um dia o senhor seja candidato á presidência da republica terá meu voto , não somente por que o senhor luta por politicas publicas para diversidade sexual , mas por que o senhor luta pela vida , pela sociedade pela humanidade que DEUS o abençoe!

  12. 51 Raphael 11/10/2013 9:22

    Parabéns Jean mais uma vez por tudo!

  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios